Conheça os modelos de Exterminadores do Futuro - Ah! E por falar nisso...

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Conheça os modelos de Exterminadores do Futuro

Muito tempo atrás , em 2010 para ser mais exata, eu publiquei uma lista de todos os modelos de Exterminadores do Futuro para o projeto cinéfilo curioso DVD, Sofá e Pipoca. Nove anos se passaram, e a tecnologia continuou evoluindo, tanto no mundo real, quanto na ficção povoada por vários Arnolds Schwarzenegger. Nada mais justo que aproveitar o lançamento de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, para refazer e atualizar a lista.

Uma coisa que mudou com o novo Terminator, é que as várias continuações pós O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, foram descartadas. A trama e modelos apresentados lá, são considerados alternativos à trama principal, que conta com os dois primeiros filmes dirigidos por James Cameron e o longa deste ano, produzido por ele. Assim, vou dividir esta lista em modelos "canônicos" e alternativos, beleza? A começar pelos "oficiais".

T-800/850
O Cyberdyne Systems Model 101, tem algumas variações, os modelos T-800 e T850. Em ambos os casos, são "O Exterminador". Aquele modelo que vem imediatamente à mente quando ouvimos o termo. Isso porque ambos tem a aparência de Arnold Schwarzenegger. Feito de tecido vivo sobre endoesqueleto metálico que possibilitou a viagem no tempo, e ainda o torna mais humano (suor, mau hálito, sangue) e mais fácil de se misturar na multidão. É um modelo implacável e carismático, mas aparentemente muito fácil de hackear. Quando reprogramado obedece as ordens sem questionar, é uma ótima babá e adora aprender com crianças.

É o único que aparece em todos os filmes, inclusive em O Exterminador do Futuro: A Salvação, produzido quando Schwarzenegger ainda era governador da califórnia. Na ocasião o rosto do astro foi recriado digitalmente e aplicado sobre o corpo de um dublê.

Em O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas, é fornecida uma origem para sua aparência. Este seria o rosto do Sargento da Força Aéra estadunidense William Candy, voluntário para fornecer sua aparência para robótica militar. Ele que foi escaneado pela Cyber Research Systems, e mais tarde o arquivo fora usado pela Skynet. Origem que foi descartada no mais recente filme.

T-1000
É o segundo modelo que conhecemos, e até hoje uma das tecnologias cinematográficas mais impressionantes e revolucionárias. Feito de metal líquido e também portador de células, porém de células cybernéticas. É super flexível e adaptável, pode se derreter e mudar sua forma e aparência para parecer com quase tudo e todos! Poder ser seu melhor amigo, uma arma letal ou o piso xadrez da sua cozinha.

Tem a aparência de Robert Patrick em O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final. Em O Exterminador do Futuro: Gênesis é vivido por Byung-Hun Lee. E tem uma variação, a T-1001, que aparece na série de TV Terminator: The Sarah Connor Chronicles, na pele da atriz Shirley Manson.

Rev-9
É o mais recente modelo, apresentado no filme deste ano e - SPOILER ALERT! - não foi criado pela Skynet, mas pela Legião e vem exterminar a mexicana Dani Ramos. Formado de um ndosqueleto sólido tradicional, cercado por uma "pele" de poli-liga mimética. Possui a capacidade de separar esses dois componentes em unidades totalmente autônomas e separadas, além de habilidades metamórficas semelhantes às do T-1000. É vivido por Gabriel Luna.

Grace
Ok, tecnicamente a personagem de Mackenzie Davis, não é um exterminador. Mas ganhou uma menção nesta lista por ser um ser humano aprimorado. Um soldado assassino com alterações cibernéticas para melhor combater os exterminadores, foi enviada de 2042 para 2020 com a missão de salvar Daniela Ramos do Rev-9 enviado para exterminá-la.

Estes são os três modelos da "linha do tempo oficial". Vamos agora à extensa galeria de exterminadores alternativos...

T-1
É o primeiro modelo criado pela Cyberdine com o objetivo de batalhar a favor do EUA. Entretanto com o domínio da Skynet os androides tiveram seus objetivos alterados, para o extermínio dos humanos, assim foram chamados de Exterminadores. Antiquados tem esteiras como pés e metralhadoras no lugar dos braços Aparecem em O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas.

T-600
Humanóides tinham pele de borracha e eram fáceis de identificar, especialmente depois que a pele era derretida na batalha. Armas enormes, e ameaçadores olhos vermelhos brilhantes acompanham o modelo. Aparecem na série de TV Terminator: The Sarah Connor Chronicles e em  O Exterminador do Futuro: A Salvação.

T-888
Este é o modelo que persegue os Connor na série de TV, possui algumas variações. Outra variante do T-800, tão eficiente quanto os outros na tarefa de exterminar, quando não é feito de CGI fraco, é interpretador por Jeffrey Pierce.

T-X
Endo esqueleto blindado é coberto de uma mistura de célula cybernética e organica, herdou tecnologia do T-100, mas é mais avançada que seu antecessor, e é do gênero feminino! Estilosa, além de um conjunto de couro vermelho, tem cabelo e maquiagem sempre impecáveis. Aparece em O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas, vivida por Kristanna Loken.

TOK715
Outra moça no páreo e essa tem nome e sobrenome, Cameron Philips (Summer Glau). Mais avançada que o T-800, por ser capaz de imitar humanos de forma mais convincente, ela pode chorar e se alimentar. Ótima irmã postiça frequenta a escola com você, seu banco de dados pode ajudar na hora daquela prova difícil! Com visual adolescente, é a protetora dos Connor na série de Terminator: The Sarah Connor Chronicles.

T-H
É um hibrido humano, uma pessoa transformada em organismo cibernético. Era o foco do Project Angel, iniciado pela Cyberdyne Systems Genetics Division, e assumido pela Skynet as Project Theta. O modelo que conhecemos em O Exterminador do Futuro: A Salvação, é Marcus Wright (Sam Worthington), condenado do corredor da morte, que doa seu corpo para a ciência. Seu esqueleto foi substituído por uma réplica de hiperliga, mantendo os principais componentes biológicos, como cérebro e outros órgãos.

T-3000
Um modelo extremamente avançado produzido pela Skynet em 2029, pouco antes da batalha final. Todas as unidades T-3000 são humanos transformados através de exposição infecciosa a um tipo de matéria sintética, que reescreve completamente o código genético da vítima. O procedimento é irreversível, e a maioria das cobaias não sobreviveu. O único exemplo bem sucedido é John Connor (Jason Clarke), liderando o plot-twist principal do roteiro mais mal amarrado da franquia, em O Exterminador do Futuro: Gênesis.

T-5000
Também de O Exterminador do Futuro: Gênesis, o T-5000 que conhecemos se chama Alex (Matt Smith). Ele é na verdade a consciência da Skynet, em um modelo T-5000, que infecta John Connor e o transforma em T-3000. É provável que houvesse outros objetivos, e características atribuídas a ele, mas como o personagem foi apresentado como o gancho de uma possível trilogia que fracassou, nunca saberemos muito além disso.

Estes são todos os modelos de Exterminadores que apareceram na TV e no cinema. Entretanto, se acrescentarmos os livros e games da franquia,  a lista triplica de tamanho, incluindo tanques e até drones no catálogo de máquinas de matar da Skynet (tem interesse em conhcer a lista completa? Deixe um comentário, quem sabe não faço um novo post!).

De volta  à  TV e cinema a lista ainda é grande. Diz aí, entre os vários modelos destas criaturas que adoram roubar roupas de couro e óculos escuros, qual o seu favorito?

Leia também as críticas de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, Exterminador do Futuro: Gênesis e O Exterminador do Futuro: A Salvação.

Nenhum comentário:

Post Top Ad