Noite Adentro - 1ª temporada - Ah! E por falar nisso...

terça-feira, 30 de junho de 2020

Noite Adentro - 1ª temporada

Uma das qualidades mais interessantes dos serviços de streaming, é a possibilidade de ver obras de todo o mundo, que dificilmente chegariam por aqui, não fosse a necessidade de criar um extenso catálogo. Noite Adentro é a primeira série belga à chegar na Netflix, e é um bom começo. 

O apocalipse chegou, e desta vez vem ao nascer do sol. Um voo de Bruxelas decola antes do nascer do sol, e seus passageiros/sobreviventes rumam para o oeste tentando evitar a luz do sol à todo custo. Como se a luta pela vida não fosse o suficiente, o grupo de desconhecidos precisa lidar com o embate de personalidades, experiências e crenças, além dos desafios físicos e técnicos de ser manter constantemente em voo. 

Com apenas seis episódios de no máximo quarenta minutos, é no ritmo que a série tem seu grande trunfo. Quase sem descanso, ou respiro, as intrigas e desafios são impostas aos passageiros que precisam solucioná-los à todo custo para sobreviver. Somado ao desconhecimento quando à ameaça - porquê, como, é mesmo real? - o surgimento de dificuldades incessantes, criam uma tensão constante e frequente. 

O crescente enerva, envolve e até consegue nos fazer temer pelos personagens. Estes são apresentados aos longo da temporada sem grandes surpresas. Os estereótipos são aqueles geralmente encontrados e filmes de sobrevivência, a líder relutante, o piloto sobrecarregado, a enfermeira, pessoas mais frágeis, mais fúteis, muitas de índole duvidosa...

De fato, a série tenta conferir mais camadas aos personagens. Cada episódio tem no título o nome de um dos sobreviventes, e estes ganham flashbacks de suas vidas pré-apocalipse nas primeiras cenas. Nada muito surpreendente, ou que não pudesse ser apresentado de outras formas, mas funciona para explicar as ações de cada um, e cria um formato próprio para o programa. 

Por outro lado, os títulos com nomes provavelmente pretendem indicar maior desenvolvimento do "homenageado" no capítulo em questão. Mas este desenvolvimento é de fato realizado ao longo dos episódios, e o critério de escolha não é muito preciso. Um bom exemplo disso é  Sylvie (Pauline Etienne), personagem título do piloto, e protagonista tem seu auge no episódio final, que leva o nome do vilão. Enquanto este tem seu momento mais marcante no episódio inicial. Uma inversão dos títulos faria muito mais sentido. 

E por falar nos personagens, estes são de diferentes etnias e nacionalidades, o que confere uma variedade interessante de culturas, crenças, e principalmente idiomas, mesmo na versão dublada (ative as legendas). Essa pluralidade torna os pequenos empasses mais interessantes. Além de fazer críticas à sociedade, como no momento em que uma personagem indica que, aqueles que estão criando mais problemas, são os homens brancos que pela primeira vez não tem controle da situação.

Completamente passada à noite, a série não inventa muito em sua fotografia e enquadramento. De fato, até desperdiça a oportunidade de criar opressão através do espaço confinado do avião, ou desesperança pela ausência de luz do sol. Mas acerta ao tornar impressionantes cidades desertas, e o percentual de mortes. A sensação de serem as últimas pessoas no planeta é contundente, não apenas para os personagens, mas também para o público. 

Outro fator aflitivo, é a dúvida sobre o que causa as mortes, e a falta de conhecimento de como evitá-las. Os personagens especulam, mas não há informações definitiva, e as poucas certezas vem da tentativa e erro. Já as explicações sobre vôo e aeronáutica talvez sejam implausíveis, mas nada que atrapalhe a imersão, ao menos, do espectador comum, leigo no assunto. 

Premissa criativa, poucos episódios, excelente ritmo, Noite Adentro é uma ótima opção para quem busca tensão bem construída. Os poucos episódios favorecem a maratona, que por sua vez deixa tudo mais tenso. Não é excepcional, mas é bem feita e envolvente. Um belo primeiro contato com a dramaturgia da Bélgica. 

 Noite Adentro tem seis episódios com cerca de quarenta minutos, todos disponíveis na Netflix. A segunda temporada ainda não foi confirmada. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad