Avenue 5 - 1ª temporada

Um cruzeiro turístico à deriva, impossibilitado de atracar, com passageiros confusos e em perigo., liderados por um capitão de fachada sem nenhum conhecimento da embarcação, que é refém dos caprichos do rico proprietário igualmente inapto. Por incrível que pareça, esta não é a descrição de uma situação real da atual epidemia de COVID-19, mas da série de comédia da HBO, Avenue 5.

Em um futuro próximo, Ryan Clark (Hugh Laurie) é o capitão da Avenue 5, uma nave de cruzeiro espacial, que é desviado de sua rota. Condenados à estender a viagem por anos, a equipe precisa lidar com as consequências da mudança. Estas vão desde a falta de suprimentos, passando problemas técnicos, passageiros egoístas irados e a falta de aptidão do dono da embarcação, Herman Judd (Josh Gad).

Armando Iannucci, criador de Veep, queria se afastar da política ao investir nesta comédia de ficção-cientifica. Mas a política está em toda parte, e Avenue 5 acidentalmente (ou nem tanto) acabou por refletir bem o momento atual do planeta. Onde temos conhecimento e tecnologia para lidar com os problemas, mas todo este avanço é anulado por líderes incapazes e por nosso próprio egoísmo.

O Capitão Ryan Clark, até se esforça, mas despreparado para o papel recebe os créditos, enquanto deixa grande parte do trabalho para Billie (Lenora Crichlow). Judd só atrapalha, ao tomar atitudes idiotas e ainda ser paparicado, por ser o mais poderoso (leia-se rico) à bordo. Os hóspedes complicam tudo com o tradicional comportamento do "primeiro eu". Enquanto na Terra o "controle da viagem", se mostra igualmente incapaz de gerir a crise. Assim, os erros falhas e problemas se acumulam e causam novos empecilhos, criando o absurdo, que embora tenha graça é assustadoramente realista.

O roteiro equilibra as situações cada vez mais absurdas, com falas inteligentes e diálogos que abusam do nonsense. Tudo sustentado pelos diferentes personagens, que propositalmente caricatos, sustentam um ambiente de empasses. Tipos distintos de passageiros egoístas e detestáveis, uma tripulação em diferentes níveis de alienação, e os protagonistas, um pouco mais complexos que isso.

O elenco eficiente traz nomes como Zach Woods, Suzy Nakamura, Himesh Patel e Nikki Amuka-Bird. Embora os destaques sejam Hugh Laurie e Josh Gad, e eles entreguem um excelente trabalho, é Lenora Crichlow quem conquista o público ao representar a voz da razão em meio ao caos. É a Billie quem resolve problemas, quem compreende o que está acontecendo, e aponta os absurdos da situação em que vive. Não que a moça não tenha seus momentos de distração, ou o restante dos personagens não possa acertar de vez em quando. O crescimento do sentimento de responsabilidade do falso Capitão, por exemplo, é um arco bem curioso.

A direção de arte e figurinos, cria um universo futurista, mas também bastante familiar à nossa realidade. Aumentando nossa proximidade com os personagens e o impacto das críticas sociais presentes no roteiro

É claro, humor é uma coisa muito pessoal, e o estilo de Avenue 5 pode não funcionar com todos. Mas mesmo quem não gargalhar, vai reconhecer as impensáveis semelhanças com a vida real, pensar sobre isso e talvez rir de nervoso. "Vimos pessoas se idiotizarem até a morte!", de repente não é uma fala tão absurda assim!

Inteligente, crítico, divertido, bem produzido e absurdamente atual. Avenue 5 nem pretendia ser uma metáfora tão contundente sobre a época em que foi criado, mas acerta em cheio ao retratar o lado feio da humanidade em meio ao caos, e eventualmente momentos altruístas. Entretém e faz pensar, é tudo que se pode pedir de uma comédia!

Avenue 5, é exibida pela HBO e está disponível na HBO Go. A primeira temporada tem nove episódios com cerca de meia hora cada, e o segundo ano já foi confirmado. 

Avenue 5 - 1ª temporada Avenue 5 - 1ª temporada Reviewed by Fabiane Bastos on quinta-feira, março 19, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário:

Musicas

RESPONSIVE ADS HERE
Tecnologia do Blogger.