Combo: Christopher Robin - Ah! E por falar nisso...

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Combo: Christopher Robin

Não sabe quem é Christopher Robin? Pois é muito provável que você já tenha esbarrado nele de alguma forma, mas nunca soube sua verdadeira história. Não se preocupe, este post de "Combo Cinéfilo", vem esclarecer isso.

A série "Combo" pretende indicar filmes ou séries que se complementam de alguma forma. 
Assim você poder fazer aquela maratona especializada, e virar expert em determinado tema (ou quase isso, rs).

No Brasil, a maioria das pessoas o conhece como Cristóvão, o garotinho das aventuras do Ursinho Puff Pooh. Personagem das aventuras criadas Alan Alexander Milne, que usou como inspiração as brincadeiras do próprio filho Christopher Robin Milne, que também emprestou seu nome para o personagem. Recentemente dois filmes o retrataram de formas completamente diferentes.

Adeus Christopher Robin
(Goodbye Christopher Robin - 2017 - EUA - 107min)
Conta a história da criação do Ursinho Pooh e o impacto de seu sucesso na vida da família Milne, especialmente do pequeno Christopher Robin. A.A.Milne (Domnhall Gleeson), volta para casa após lutar na 1ª Guerra Mundial, e tenta retomar seu cotidiano como escritor. A inspiração só reaparece quando o escritor é forçado passa um tempo sozinho cuidando do filho pequeno Christopher Robin (Will Tilston, Alex Lawther na idade adulta), quando sua esposa Daphne (Margot Robbie) e a babá Olive (Kelly Macdonald) precisam se ausentar ao mesmo tempo. As aventuras de Pooh se tornaram um sucesso, e Christopher o garoto propaganda perfeito. Em uma época em que não se imaginava os efeitos da super exposição de crianças pequenas.

O filme mostra muito bem a relação disfuncional da família Milne, embora tome algumas liberdades em relação aos detalhes. Amenizando a consciência, e conseqüentemente a culpa, dos pais em relação à infância conturbada do menino, além de mostrar uma reconciliação que não ocorreu. A atribuição do comportamento frio de Milne ao estresse pós traumatico, doença não diagnosticada na época, não pode ser confirmada. Enquanto o tempo de qualidade entre pai e filho provavelmente não tenha existido.

Ainda sim, cria uma dinâmica interessante entre a doçura dos personagens do bosque dos Cem Acres e os horrores e desesperança de uma guerra. Vale mencionar que a infância de Christopher e a criação de Pooh e cia ocorreu no período entre as duas grandes guerras, e isso é abordado de forma marcante no filme. Atuações excelentes, e uma doçura melancólica são os pontos mais marcantes do filme.




Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível
(Christopher Robin - 2018 - EUA - 104min)
Enquanto Adeus Christopher Robin foca na trajetória do garoto da vida real, Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível mostra como seria a vida do personagem das histórias de A.A.Milne. As responsabilidades do mundo adulto chegaram cedo e mudaram Christopher Robin (Ewan McGregor). O garoto que costumava brincar com animais de pelúcia no Bosque dos Cem Acres deu lugar a um homem de meia idade obcecado com o trabalho, que passa pouco tempo com a família e aproveitando a vida. É aí que ursinho Pooh Puff (Jim Cummings), e companhia reaparecem para lembrar ao amigo as coisas boas da vida.

É um filme de reencontro com a criança interior que existe em cada um de nós. E conta com a presença de Pooh e companhia, criados de forma impressionante em computação gráfica, ao ponto de merecerem uma indicação ao Oscar e efeitos visuais em 2019. Com um roteiro simples, a produção compensa a previsibilidade com uma visão de mundo doce e sincera. Além de boas atuações do elenco que, além de McGregor e Cummings, conta também com Hayley Atwell, Mark Gatiss, Brad Garrett, Nick Mohammed e Bronte Carmichael.

O filme até conta com semelhanças com a vida real, Robin também estudou em um colégio interno e teve uma filha. E claro, a doçura dos contos de A.A.Milne transparecem em ambas as produções.



Agora que Christopher Robin foi devidamente apresentado, que tal encarar uma maratona com os dois filmes e se apaixonar ainda mais por esses personagens que estão presentes na infância de várias gerações? Assista Adeus Christopher Robin e Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível, e depois vem contar se combinação funciona!

Gostou deste formato? Conhece algum outro filme que combine com este tema? Gostaria de ver outros temas aqui? Comente, sugira. E até a próxima maratona.

Leia também:

Nenhum comentário:

Post Top Ad