Eu Nunca... - 1ª temporada

Uma adolescente tentando ter o melhor ano da sua vida, ser popular na escola, ter muitos amigos, uma vida social agitada, um namorado... já vimos esta história uma centenas de vezes na TV e no cinema, mesmo assim elas continuam sendo produzidas. As que melhor refletem melhor a época e adolescentes que escolhem retratar, são aquelas que perduram. Honestidade e autenticidade, Eu Nunca... atende perfeitamente essas exigências.

Devi (Maitreyi Ramakrishnan) é uma adolescente americana-indiana que acaba de passar por um ano extremamente difícil, por isso resolve começar o novo ano letivo com vida nova. É claro, administrar suas ambições, obrigações escolares, e as relações com amigos e família, é uma tarefa complicada. Ela vai cometer erros típicos da idade, agravados por sua personalidade forte e pelos sentimentos que esconde de si mesma.

Inspirado na adolescência de sua criadora, a atriz, roteirista e comediante Mindy Kaling, Eu Nunca... acerta em retratar com honestidade o cotidiano de uma jovem. Os medos, dúvidas, impulsos e até erros de Devi, são relacionáveis para quem é, foi, e será adolescente um dia. Suas ações e motivações são realistas e coerentes com sua idade, e mesmo quando levadas ao extremo jamais soam forçadas ou falsas. Mérito do roteiro, que conhece e respeita não apenas sua protagonista, como todos que a cercam.

Os personagens secundários, a primeira vista podem até parecer os tradicionais estereótipos do gênero, mas aos poucos desenvolvem arcos próprios igualmente interessantes e relevantes. Kamala (Richa Moorjani) prima da protagonista é o exemplo perfeito. Apresentada como apenas uma moça bonita e perfeita, logo é confrontada com imposição das tradições e sua tentativa de fuga das mesmas. Descoberta da sexualidade, identidade, preconceito, solidão, luto, rivalidade, amizade e companheirismo, estão entre os temas que os coadjuvantes ajudam à abordar, enquanto acompanhamos a jornada de Devi.


E por falar na protagonista, a novata Maitreyi Ramakrishnan, executa muito bem a tarefa de carregar a série. Carismática, consegue nos fazer torcer por Devi, mesmo quando a garota toma as piores decisões. A experiente Poorna Jagannathan, consegue em poucas cenas criar uma mãe que esconde sentimentos complexos sob sua rigidez com a filha. Os emocionantes embates entre as duas estão entre as melhores cenas, de uma série repleta de bons momentos.

Outro destaque do elenco é Jaren Lewison, seu Ben é um riquinho, almofadinha, competitivo e irritante, mesmo assim é difícil desgostar dele. Seu interprete consegue apresentar as camadas que enriquecem o personagem e explicam sua personalidade, antes mesmo de acertado episódio centrado nele. Darren Barnet, Lee Rodriguez, Ramona Young e Niecy Nash completam o elenco principal com boas atuações. Vale mencionar, o elenco é diverso da forma correta. Simplesmente retrata o mundo como ele é, respeitando as diferenças de cada um, sem ser tabu, muito menos panfletária.

O texto é ágil, inteligente e cheio de referências. Em outras palavras, bem parecido com o que se espera da juventude atual. Equilibrando drama, e humor, há também espaço para boas lições, e cenas tocantes, conforme os personagens evoluem e se relacionam. Apenas a curiosa narração do tenista John McEnroe, soa redundante em alguns momentos. Mas, é feita com tanto bom humor, e com texto tão inteligente, que a repetição é facilmente relevada.

Em apenas dez episódios de pouco mais de vinte minutos, o roteiro consegue resolver o arco da protagonista e de seus coadjuvantes, de forma ágil e envolvente. Apesar do pouco tempo, consegue explorar bem seus temas, ao passo de que esta primeira temporada não deixa pontas soltas, apenas possibilidades. Se terminasse assim, estaria ótimo, mas também há espaço para mais histórias. Afinal, a vida continua, e Devi vai encarar novos dilemas.

A Netflix tem investido bastante em tramas juvenis, algumas bem sucedidas, muitas nem tanto. Eu Nunca... está no seleto primeiro grupo, graças à sua honestidade, autenticidade, bom texto e humor. Em tempos de adolescentes que desvendam assassinatos, enfrentam demogorgons, adquirem super-poderes e praticam artes das trevas, às vezes, a simplicidade cotidiana é a opção mais original e carismática.

Os dez episódios de Eu Nunca..., estão todos disponíveis na Netflix.

Eu Nunca... - 1ª temporada Eu Nunca... - 1ª temporada Reviewed by Fabiane Bastos on sexta-feira, maio 22, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.