Informações úteis para sua maratona de Outlander

Procurando uma série longa, com elementos de fantasia e ficção científica, e um estilo novelão envolvente (no melhor dos sentidos!), para maratonar por dias? Então, é hora de conhecer Outlander.
Vem que é sem spoiler!
Série do canal estadunidense Starz baseada nos livros de Diana Gabaldon, já tem cinco temporadas e uma sexta confirmada. No Brasil é exibida na Fox Premium, enquanto a Netflix possui as primeiras temporadas (o quarto ano estreia em 11 de maio). Conta a história de Claire Randall (Caitriona Balfe), enfermeira que serviu na Segunda Guerra Mundial, que é transportada misteriosamente para o ano de 1743, em meio aos levantes jacobitas na escócia.

Informações úteis para sua maratona de Outlander


1 - A maioria dos personagens são fictícios, mas o contexto histórico está correto. Ficção histórica, lembra?

2 - A trama se passa no período das revoluções Jacobitas, às vésperas da derradeira e sangrenta Batalha de Culloden em 1746. Os levantes jacobitas foram uma série de insurreições, rebeliões e batalhas nos reinos da Inglaterra, Escócia e Irlanda ocorridas entre 1688 e 1746, para reconduzir Jaime II de Inglaterra, e mais tarde os descendentes da Casa de Stuart, ao trono. É claro, o marido de Clair relembra tudo isso antes da aventura começar, para que a moça (e nós) tenhamos a vantagem do conhecimento que todo viajante do tempo tem.

3 - A proposta inicial de explorar a revolução Jacobita é encerrada nas primeiras temporadas. Depois disso, novos desafios históricos são impostos aos protagonistas.

4 - A busca de locações, recriação de cenários e pesquisa de costumes, também é caprichada. Os grande castelos, e belas paisagens escocesas e design de figurinos criam uma Escócia ao mesmo tempo realística e fantástica. Este estilo segue quando os personagens visitam outros países. Fazendo jus à boa pesquisa do material original.

Sobre o material original...

5 - A série é uma adaptação da principal obra da escritora estadunidense Diana Gabaldon. Seus livros mesclam fantasia, ficção científica, romance aventura e ficção histórica. Os "tijolos" de mais de 600 páginas começaram a ser publicados em 1992, já tem oito volumes publicados e um nono em produção. Além de vários títulos relacionados.

Os principais são:
A Viajante do Tempo (1991), A Libélula no Âmbar (1992), O Resgate no Mar (1993), Os Tambores de Outono (1996), A Cruz de Fogo (2001), Um Sopro de Neve e Cinzas (2005), Ecos do Futuro (2009), Written in My Own Heart's Blood (2014, ainda sem tradução no Brasil) e Go Tell the Bees That I am Gone (ainda sem data de lançamento).


6 - As edições atuais dos livros publicados pela Editora Arqueiro, vem com o título Outlander em destaque, por causa da série. Aqueles que já foram adaptados também ganharam capas ilustradas com imagens da série.

7 - A cada temporada da série um livro inteiro é adaptado, o que provavelmente resulta em muitos cortes e reduções. Apesar disso a série continua bastante fie aos livros. Até o momento cinco deles ganharam versão para as telas.

8 - Como professora pesquisadora, Gabaldon decidiu que seria mais fácil para ela escrever um romance histórico. O que ela começou a fazer, apenas para praticar a escrita. É a mescla de eventos reais com ficção, e uma pesquisa histórica extensa que chama atenção em sua obra.

9 - Gabaldon escolheu situar sua história na Escócia da metade do século XVIII, e nomear seu protagonista masculino de James, após assistir à uma reprise de Doctor Who. Em The War Games, sétimo e último episódio da sexta temporada clássica da série do Time Lord, um dos companheiros do Doutor era um jovem escocês de 1745, com cerca de 17 anos, chamado Jamie McCrimmon (Frazer Hines).

De volta à série...

10 - Não é um programa para toda a família. A censura é 16 anos, já que as cenas de romance tórridas entre os protagonistas são transportadas das páginas para as telas. Ah, e tem bastante violência também.

11 - Sim, a moça logo, logo, arruma um belo pretendente escocês, Jaime Frazer (Sam Heughan) Embora seja casada em seu tempo Frank Randall (Tobias Menzies). O romance entre os dois, e os sentimentos divididos da moça, ocupam boa parte da trama.

12 - O estranhamento de Clair com os costumes, e o embate de conhecimentos e hábitos ente pessoas de épocas distintas também permeia a série.

13 - Magia e bruxaria também estão entre os temas da série. Afinal, além de saber do futuro Claire é uma enfermeira do século XX, cheia de conhecimentos e habilidades que não deveria ter, uma bruxa para os escoceses do século XVIII.

14 - Falou em escócia você pensa em duas coisas, kilts e gaitas de fole. Tem isso tudo na série. Os atores admitem usar a vestimenta tradicional de forma autêntica, ou seja, sem nada por baixo. Não que isso seja exatamente um segredo no caso do protagonista masculino.

15 - Já as gaitas de fole podem ser ouvidas na bela abertura, que sempre encerra com imagens distintas para cada episódio. A canção tema também ganha novas versões com instrumentos diferentes conforme os personagens mudam sua localização.

16 - A equipe da série escolheu manter as palavras em gaélico em vez de traduzi-las para o inglês, explorando a incapacidade da narradora/protagonista Claire de compreender o idioma e deixando a viajante ainda mais perdida.

17 - E por falar em localização, é uma série que viaja bastante. Dando trabalho para pesquisa e direção de arte, que adaptam figurinos, cenários e costumes de cada lugar.

18 - A série usa câmera digitais Alexa, capaz de ligar com condições de pouca luz. Isso permite que a fotografia use menos iluminação, mais compatível com as velas, candelabros e lareiras da época que se passa a história. E fornecendo um charme extra para a fotografia.

19 - O castelo de Doune no distrito de Stirling, na Escócia foi usado como locação para o castelo Leoch. O local é famoso por ter sido usado em Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado e em Game of Thrones, onde foi Winterfell.

20 - E já que falamos de Game of Thones, tem uma galera que participou das série da HBO em cena. O mais reconhecível é Tobias Menzies (Frank Randall / Jack Randall), o "Tio Edmure". Tim McInnerny (Father Bain) foi Robett Glover, Clive Russell (Lord Lovat) o Peixe Negro, Ian Hanmore (Father Anselm) foi Pyat Pree e Rupert Vansittart (Lord William Dunsany) interpretou Yohn Royce.

21 - Já os protagonistas Caitriona Balfe e Sam Heughan, não tiveram grandes papéis antes de Outlander. Foi esta série que tornaram seus nomes conhecidos.

Diana Gabaldon
22 - Diana Gabaldon, a autora, fez uma participação especial no episódio The Gathering, o quarto da primeira temporada. Ela interpreta Iona McTavish, que fala com Mrs. Fitz (Annette Badland) enquanto ela acompanha Claire para assistir a cerimônia de juramento.

23 - A primeira temporada da série tem 16 episódios, as demais tem 13. Todas elas estão na Fox Premium, enquanto a Netflix possui as primeiras temporadas (o quarto ano estreia em 11 de maio de 2020).
___________________

Drama, romance, magia, guerra, fantaisa, ficção-ciêntífica, história real... Outlander, tem de tudo um pouco em uma produção caprichada. O tom pode soar meio novelesco para alguns, mas atire a primeira pedra, quem não se empolga com uma novela bem feita. 

Leia outros mais Dicas para sua maratona de diferentes séries. 

Informações úteis para sua maratona de Outlander Informações úteis para sua maratona de Outlander Reviewed by Fabiane Bastos on terça-feira, abril 28, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.