Os Melhores Motoristas do Cinema - Ah! E por falar nisso...

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Os Melhores Motoristas do Cinema

Cuidado, o título da lista em questão pode te confundir. Logo, peço desculpas se você chegou aqui em busca dos condutores mais rápidos e ousados da sétima arte (a maioria provavelmente habita a Franquia Velozes e Furiosos), mas os motoristas listados aqui são de outro tipo. Eis aqui uma reunião de profissionais que ganham a vida conduzindo outros personagens mundo à fora.

Estamos falando de motoristas particulares que são foco ou no mínimo, agentes importantes de mudança nas histórias em que habitam. Neste post lista deixamos, taxistas e motoristas de coletivos de fora, mas já fica aí a ideia de outra lista.

Hoke Colburn
(Conduzindo Miss Daisy - Driving Miss Daisy - 1989)

Colburn é provavelmente o motorista mais icônico do cinema. Ele passa à trabalhar para Daisy Werthan (Jessica Tandy), depois que a judia de 72 anos causa um acidente dirigindo. Forçada pelo filho à aceitar o afro-americano como condutor em plenos anos de 1940, Miss Daisy leva tempo para se acertar com o motorista. Mas, com o tempo, ambos superam barreiras sociais e culturais e constroem uma bela amizade.

O longa é baseado em uma peça, que por sua vez é inspirado na história da avó do autor e roteirista Alfred Uhry. Indicado à nove Oscars venceu 4 deles, inclusive o de melhor filme.

Joseph Mindlentton
(O Diario da Princesa - The Princess Diaries - 2001)

Na verdade Joe (Hector Elizondo) é chefe da segurança do reino de Genóvia, mas é a função de motorista de Mia (Anne Hathaway) que ele mais cumpre no primeiro longa da franquia. Isso porque a Rainha Clarice (Julie Andrews), queria o melhor dos melhores vigiando a princesa. É claro, ele acaba fazendo amizade com a adolescente e lhe dando valiosos conselhos no processo. No filme seguinte o segurança aposenta a função de condutor/segurança e, pasmem, desposa a rainha.

Inspirada nos livros de Meg Cabot, a franquia O Diário da Princesa tem dois filmes. Volta e meia aparecem rumores de que um novo longa está em produção.

Happy Hogan
(Marvel Cinematic Universe - 2008...)

Esse nasceu nos quadrinhos, como motorista e guarda-costas pessoal de Tony Stark. No cinema suas funções são mais condizentes com motorista/melhor amigo/secretário pessoal, já que a figura bonachona de Jon Favreau dificilmente assustaria os inimigos, mais do que o próprio Stark. Outra função que Hogan acabou assumindo dos cinemas é de "babá" de Peter Parker. É o secretário quem fica de olho no dia-a-dia do jovem Homem-Aranha, enquanto o chefe salva o mundo,

Além dos três filmes do Homem de Ferro, Happy participou de Homem Aranha: De volta ao Lar. Também pareceu nos as trailers de Homem-Aranha: Longe de Casa e está listado nos créditos de Vingadores: Ultimato, ambos com estreia marcada para 2019. Vale mencionar que Favreau dirigiu os dois primeiros filmes do Homem de Ferro.

Ben Whittaker
(Um Senhor Estagiário - The Intern - 2015)

Outro que também está na função errada para atender melhor uma personagem de Anne Hathaway. Ben (Robert De Niro) é na verdade estagiário do programa e estimular a terceira idade à voltar a ativa. Ele é descolado para a função de motorista da chefe, a sobrecarregada criadora de um bem sucedido site de compras. Entre altos e baixos, ele constrói uma relação cumplicidade com a empreendedora, e lhes oferece bons conselhos.

Logan
(Logan - 2017)

Sim, o Wolverine (Hugh Jackman) está nesta lista. Em seu último filme, o carcaju trabalha como motorista de limousine, para sustentar o Professor Xavier (Patrick Stewart), já em idade muito avançada. Mas não vemos muito do herói no papel, já que logo ele é obrigado a partir em uma nova jornada com a chegada de Laura (Dafne Keen). Indicado ao Oscar de roteiro adaptado, o longa é considerado por muitos, uma das melhores adaptações de quadrinhos para a telona.

Leia a crítica de Logan

Baby
(Em Ritmo de Fuga - Baby Driver - 2017)

Baby (Ansel Elgort) é o único desta lista que faz manobras dignas dos melhores filmes de ação. Isso porque ele não dirige para pessoas comuns, mas para assaltantes durante seu "trabalho". É o piloto de fuga oficial do bandido Doc (Kevin Spacey), mas não vê a hora de abandonar essa vida. Excelente motorista, suas manobras sempre estão no ritmo das músicas que o jovem ouve constantemente. O filme foi indicado à três Oscar.

Leia a crítica de Em Ritmo de Fuga

Tony Lip
(Green Book - o Guia - Green Book - 2018)

Sim, foi Tony Lip (Vigo Mortensen) quem inspirou esta lista. Green Book está em cartaz em todo país e acaba de receber cinco indicações ao Oscar. O italiano de modos grosseiros, racista e eficiente em conflitos, consegue um trabalho de motorista de um renomado músico clássico. Dr. Don Shirley (Mahershala Ali) não precisa apenas de alguém que o conduza em sua turnê, mas também de um segurança, já que os shows vão acontecer no segregado sul 'estadunidense', do início dos anos 60. A dupla vai aprender a conviver e rever muitos de seus conceitos, neste "fell good movie" que fala de temas sérios.

Leia a crítica de Green Book - o Guia

Agora que listei os melhores motoristas do cinema, uma coisa ficou clara, os bons profissionais geralmente acrescentam algo a mais em seu trabalho. Cuidar, aconselhar e construir uma amizade estão entre as principais tarefas extra. O acúmulo de funções até que é bem vindo, mas só na tela grande, ok!

Confira outras listas cinematográficas!

Nenhum comentário:

Post Top Ad