sexta-feira, 17 de agosto de 2018

R- E - S - P - E - C - T! na TV e no cinema

Às vezes é preciso um artista partir para percebemos o tamanho de sua influência em nossas vidas. Aretha Franklin partiu e apenas assim eu percebi o tanto que já curti suas musicas por aí, mesmo não sendo uma ouvinte tão empenhada da cantora. E mesmo que não fosse assim, não há quem não tenha escutado ao menos uma vez a canção Respect de Otis Redding, que a cantora interpretou, tomou para si e a tornou em um hino sobre respeito à mulher, e às minorias.

Não é surpresa, que a canção tenha sido utilizada e apresentada em dezenas de filmes, séries e programas desde que Aretha a gravou em 1967. Apenas no cinema a música apareceu em cerca de trinta canções. É claro, foi provavelmente de uma destas obras que muitos de nós a ouviu a primeira vez. Eu não me recordo da primeira vez em que ouvi Respect, mas consigo citar sem dificuldade uma lista de produções em que ouvi o hino. Eis aqui a minha lista de referencias nas telas para R- E - S - P - E - C - T!

O Diário de Bridget Jones (Bridget Jones's Diary - 2001)
A cena em que Bridget (Renée Zellweger) finalmente se liberta dos encantos de Daniel Cleaver (Hugh Grant), e dá fora muito bem executado no moço é a primeira que vem a mente. E faz todo sentido já que a protagonista finalmente descobriu o respeito próprio, "drop the mic" e "left the building". 

O Homem Bicentenário (Bicentennial Man - 1999)
Lembra que eu falei de hino em defesa das minorias? Pois é, um robô (Robin Williams) em busca de autonomia que encontra outro robô (Kiersten Warren) cheia de atitude, cantando e dançando Respect pelas ruas. Esse é o tipo de conexões que meu cérebro perturbado faz. Seja como for, a canção apresenta muito bem a personagem Galatea e é uma metáfora e tanto para a jornada de Andrew.


Forrest Gump: O Contador de Histórias (Forrest Gump - 1994)
Se Forest (Tom Hanks) faz de um tudo e conhece todo tipo de gente em sua jornada, nem seria difícil encaixar a música como tema do longa. Aqui a canção é usada sutilmente quando o protagonista conhece o Liutenant Dan.


Todo Mundo Odeia o Chris (Todo Mundo Odeia o Chris - ep. Everybody Hates Kwanzaa - 1997)
Para não dizer que não falei de TV, a série queridinha das reprises da geração atual também usou a música. Podemos ouvir a canção quando Golpe Baixo (Jeris Poindexter), ganha um banho de loja de impor respeito para poder visitar a mãe no natal.


A partir daqui a lista traz atores das séries e filmes interpretando a canção. Mas, convenhamos todas estas cenas, e até a escolha dos personagens para cantar as músicas, fazem referência a versão de Aretha.

Querem Acabar Comigo (Are We There Yet? - 2005)
Esse filme ja é considerado um clássico da Sessão da Tarde? Não importa, pois já existe uma geração que foi apresentada à canção por essa garotinha (Aleisha Allen) aí!


Um Maluco no Pedaço (Um Maluco no Pedaço - 1990-1996)
Infelizmente não foi o Will Smith que cantou dessa vez (sério, eu queria ver isso, rs), mas sua prima Ashely (Tatyana Ali). A moça tentava obter respeito da família que ainda a tratava como uma garotinha.


Glee (Glee - 2009)
Seria até um erro se a série musical não tivesse esta canção em seu repertório. Para evitar a possibilidade, logo no piloto da série Mercedes (Amber Riley), interpretou a música durante sua audição para o clube Glee.


Eu a Patroa e as Crianças (My Wife and Kids - 2001-2005)
A série tinha um personagem chamado Franklin (Noah Gray-Cabey), um gênio no piano. Sua irmã se chamava Aretha (Jamia Simone Nash), também um prodígio da música. Preciso dizer mais?


E aqui termina minha lista de referências à este clássico da rainha do soul. Quantos você reconhece, e quais as suas referências favoritas à saudosa Aretha Franklin?


Compartilhe este post
  • 0Blogger Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment
comments powered by Disqus
 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top