Crônicas de Natal: Parte Dois

Em 2018 a Netflix surpreendeu com Crônicas de Natal. Uma aventura divertida e bem construída para toda a família. Agora em 2020, a sequencia da produção natalina chega, em meio a uma grande leva de filmes com a mesma temática na plataforma, e a difícil tarefa de ser tão bom quanto o original.

Dois anos depois de Teddy (Judah Lewis) e Kate (Darby Camp) terem salvo o Natal ao lado do Papai Noel (Kurt Russell), a garota tem uma reunião inesperada com o bom velhinho. Desta vez acompanhada de Jack (Jahzir Bruno), o filho medroso do namorado de sua mãe, a pré-adolescente é usada como peça em um plano para acabar com o reino de Noel.

Isso mesmo, reino! Este longa leva a aventura para o Polo Norte e expande o universo do Papai Noel, ao apresentar sua vila, cotidiano e história de origem. Mais espaço para Kurt Russell se divertir, dessa vez acompanhado da Mamãe Noel de Goldie Hawn.

A aventura é mais complexa, com planos mirabolantes e reviravoltas, por causa disso, é também mais suscetível à falhas e problemas de ritmo. Os mais evidentes são os grandes desafios magicamente resolvidos de acordo com a conveniência do roteiro. Nada que chegue a comprometer a diversão para os pequenos. 

E por falar em seu jovem público alvo há mais espaço também  para os coloridos elfos. Criados à fórmula dos Minions da Dreamworks, o grupo tem até seu idioma fofo próprio, além da personalidade mais infantil. Garantindo fácil a atenção dos bem novinhos, e menos estranheza nos mais velhos, já que dentro da Vila do Noel, o design colorido das criaturinhas não parece tão artificial quanto no longa anterior.

Para as crianças mais velhas, há a jornada de Kate. O arco da garota, que pretende fugir por não aceitar o novo namorado da mãe, por medo de que este apague a memória do pai, faz paralelo com a aventura principal. Além de trazer algumas surpresas curiosas. 

A direção de arte e figurinos é eficiente para criar os novos cenários mágicos, e um visual próprio para a aventura. Mesmo as dezenas pequenos elfos tem personalidade e visuais únicos. E sim, eventualmente vai acontecer um novo numero musical adoravelmente piegas, mas com uma versão nacional pouco charmosa para a canção. Felizmente a graça está no número como um todo, não apenas na canção.

Crônicas de Natal: Parte Dois não tem um roteiro tão bem construído quanto o original. A aventura é mais embolada, e escolhe algumas saídas convenientes demais. Mas traz de volta o carisma do anterior, e o seu estiloso Papai Noel. Não supera a primeira aventura, mas ainda diverte e entretém toda a família. 

Crônicas de Natal: Parte Dois (The Christmas Chronicles: Part Two)
2020 - EUA - 112min
Aventura

Leia a crítica de Crônicas de Natal

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.