segunda-feira, 15 de outubro de 2018

8 professores da ficção com quem você gostaria de ter aulas

Quem nunca sonhou em ter uma aula com aquele professor descolado que volta e meia aparecia na Sessão da Tarde? Ou ainda aprender lições com um mestre que só existe nas páginas? Pois neste dia dos professores, resolvi postar a minha lista de professores da ficção com quem sempre quis ter aulas. Vem descobrir se você concorda comigo!

John Keating
Filme: Sociedade dos Poetas Mortos - 1989
Um professor com métodos que realmente alcançam os alunos e que os ensina a pensar por conta própria, é tudo que queremos - aliás que precisamos cada vez mais. Este era John Keating (Robin Williams), em Sociedade dos Poetas Mortos. Infelizmente, a sociedade da Welton Academy de 1959, não estava pronta para este capitão. Nós estaríamos!

Professora Helena
Novela: Carrossel - várias versões entre 1966 e 2012
Doce e compreensiva com os maiores pestinhas da escola. Estudar com Professora Helena de Carrossel foi sonho de infância de várias gerações. Mas é provavelmente a versão de Gabriela Rivero, a primeira exibida no Brasil, no início da década de 1990 quem causou maior impacto entre os pequenos.

Dewey Finn
Filme: Escola de Rock - 2003
Ok, tecnicamente Dewey Finn (Jack Black) não é um professor de verdade. Mas até que ele consegue ensinar alguma coisa para a molecada de Escola do Rock, quando toma o lugar de seu amigo professor de verdade Ned Schneebly. Embora seja ele quem recebe as melhores lições. E quem nunca quis que seu professor cancelasse as aulas, montasse uma banda com a turma e levasse todos para um palco de um show de rock?

Irmã Mary Clarence
Filme: Mudança de Hábito 2 - 1993
Deloris Van Cartier (Whoopi Goldberg), também não é professora propriamente dita. Mas depois de se fingir de freira, a irmã Mary Clarence, e ensinar um convento inteiro a se relacionar melhor com a comunidade, até a Madre Superiora (Maggie Smith) achou que ela seria uma excelente professora de música para adolescentes rebeldes. E admita, você também aprendeu que "se quiser ser alguém na vida, e chegar à algum lugar, é melhor acordar e se ligar!".

John Kimble
Filme: Um Tira no Jardim de Infância - 1990
Talvez esta lista esteja acumulando uma quantidade inapropriada de "não professores", mas como deixar John Kimble (Arnold Schwarzenegger) de fora? Não há ninguém melhor que um policial disfarçado, com aparência de um "Exterminador" para proteger criancinhas de seis anos de um bandidão daqueles. Acompanhar o gigantesco astro de ação tentar lidar com crianças tão pequenas é uma atração à parte, mas não é que suas aulas acabam sendo ótimas depois que ele pega o jeito?

Remus J. Lupin
Livro: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - criado por J.K.Rowling em 1999
De volta aos professores propriamente ditos, Hogwarts tem dezenas de exemplos, mas vamos selecionar um só. Remus Lupin (David Thewlis, no cinema) foi de longe o melhor professor de Defesa Contra as Artes das Trevas que Harry Potter e seus amigos tiveram, mesmo precisando faltar por alguns dias todo mês. Aulas práticas, divertidas e bastante instrutivas tiravam o melhor de seus alunos.

Henry Jones Júnior
Filmes: franquia Indiana Jones (1981 - 2008)
A gente até esquece que Henry Jones Júnior, é professor. Isso porque, é no campo de "pesquisa", que o professor Indiana Jones (Harison Ford) mais se destaca. E como adoraríamos ter aulas em campo com ele, encontrando tesouros, fugindo de bolas gigantes e derretendo nazistas.

Charles Xavier
Quadrinhos: X-Men - criado em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby
Existem também aqueles professores que são uma figura paterna para seus alunos. Charles Xavier (Patrick Stewart/James McAvoy, no cinema) "adotou" todos os mutantes que a sociedade resolveu tornar órfãos através da intolerância e rejeição. Criou uma escola para proteger seus alunos superdotados e ensiná-los a lidar com seus poderes e com o mundo a sua volta. Ah, ele também é o líder de uma equipe de super-heróis e um dos mutantes mais poderosos do planeta, e uma excelente referência a um período da história estadunidense, mas isso é assunto para outro post.

E aí sua lista é parecida com a minha? Seja ela qual for, não esqueça de que estes professores são inspirados por mestres da vida real. Eles talvez não tenham super-poderes, magia ou talento musical, mas estão por aí dispostos a formar pessoas melhores, é só procurar. E quando encontrar um deles, dê o devido valor ao seu trabalho.

Feliz dia dos Professores!

Compartilhe este post
  • 0Blogger Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment
comments powered by Disqus
 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top