quarta-feira, 13 de junho de 2018

Futebol no Cinema

Cinéfilo brasileiro também gosta de futebol as vezes! E se não gosta, no mínimo curte uma boa jornada na tela grande sobre o esporte, e deve ter ao menos um título sobre a modalidade na sua lista. Pensando nisso, e na Copa da Russia, resolvi compartilhar aqui minha própria lista.

Estes são os filmes que vem imediatamente à minha mente, quando resolvem unir futebol e cinema. São os melhores títulos sobre o assunto? Provavelmente não, mas são filmes que por um motivo ou outro ficaram em minha memória.


Heleno (2012)

Ops! Preciso me corrigir, Heleno é provavelmente um dos melhores filmes sobre futebol já feitos. Mais especificamente uma das melhores cinebiografias futebolísticas já feitas. Conta a história do ícone do Botafogo Heleno de Freitas (Rodrigo Santoro), primeiro jogador a receber salário e atenções equivalentes as estrelas de cinema. Também foi o primeiro jogador-problema do futebol brasileiro. Talentoso, arrogante e mulherengo, usou e abusou de mulheres, drogas e confusões, dentro e fora do trabalho. Graças aos excessos, terminou a vida louco em um asilo. O filme é em preto e branco.

(Heleno, 2012)




Ataque ou Defesa 

Admito, eu não lembrava o título deste longa ao qual sempre me referi como "o filme de futebol das gêmeas Olsen", e assisti dezenas de vezes na Sessão da Tarde (ou seria no Cinema em Casa do SBT?). As irmãs Emma e Sam (Mary-Kate e Ashely Olsen), tem gostos diferentes, uma é excelente nos esportes, outra liga para moda e garotos. A dupla de pré adolescentes faz o de sempre, trocam de lugar, arrumam namoradinhos, bagunçam o campeonato e causam muita confusão antes de aprender uma valorosa lição.

(Switching Goals - 1999)





Ela é o Cara 

Já que estamos falando de clássicos da Sessão da Tarde, o da molecada mais nova deve ser esta pérola onde Viola (Amanda Bynes), se disfarça de garoto para poder jogar futebol e provar que garotas são boas de bola. É claro, ela se apaixona por Duke (Channing Tatum), seu companheiro de quarto, que acredita que ela é um homem. Mais abusadinho que o filme da "minha geração", o filme tem insinuação de nudez e piadas com item de higiene feminina!

(She's the Man, 2006)

´


Um Time Show de Bola 

Este sim deveria ser referência para sua geração, talvez no Brasil não tenha "colado" por se tratar de uma produção espanhola e argentina, mas em defesa dos protagonistas deste longa seu time veste verde e amarelo. Um fã de Totó (pebolim, futebol de mesa), e consequentemente do futebol de verdade, precisa salvar sua cidade, é claro, em uma partida de futebol. Para isso, ele consegue a ajuda de seus amigos mais queridos, os bonecos da mesa de jogo que ganham vida e personalidades excêntricas. A grande e absurda partida de futebol ao fim do longa, valem a sessão.

(Metegol - 2013)



Leia minha crítica de Um Time Show de Bola no blog parceiro DVD, sofá e pipoca.

Uma História de Futebol 

Se você jogou futebol na infância, ou mesmo embarcou em uma partida de qualquer outro jogo com os amigos, este filme é para você. É baseado em livro infantil homônimo de José Roberto Torero, que traz passagens ficcionalizadas da infância de Pelé. Retrata com eficiência a empolgação da infância, que transforma em momentos épicos um simples jogo em um campo de barro. Com narração de Antônio Fagundes, foi indicado para o Oscar de Melhor Curta-Metragem, categoria live action em 2001.

(Uma História de Futebol - 1998)



Leia minha crítica de Uma História de Futebol no blog parceiro DVD, sofá e pipoca.

Fuga para a Vitória 

Este é provavelmente meu favorito desta lista, não porquê ele seja bom mas porquê é uma produção para lá de curiosa. Hatch (Silvester Stalone), é um um americano prisioneiro de guerra dos nazistas em plena 2ª Guerra Mundial, cujo único objetivo é fugir. Quando major fã de futebol Karl von Steiner (Max Von Sydow), reconhece um famoso jogador britânico entre os prisioneiros, tem a brilhante ideia de armar um jogo entre um time alemão, e um grupo de prisioneiros comandados pelo capitão John Colby (Michael Caine). Não demora muito para Hatch enxergar na partida uma chance de fugir.

Reparou no elenco? Stalone, Max Von Sydow, Michael Caine, e não para por aí, os demais membros dos times são grandes jogadores da época entre eles Edson Arantes do Nascimento. Sim, este é mais um filme do Pelé! Não é excelente, mas tem a qualidade de entretenimento de qualquer boa Sessão da Tarde.

(Escape to Victory, 1981)



Leia minha crítica de Fuga para a Vitória no blog parceiro DVD, sofá e pipoca.

Eis aí, meu top 6(!?) de filmes sobre futebol. Alguns excelentes, outro de gosto duvidoso, mas todos divertidos como uma boa partida. Agora é sua vez de fazer sua própria seleção de filmes futebolísticos. Quais os seus filmes sobre futebol?

Confira outras listas da cultura pop, ou veja como era diferente este blog lá em 2010, na época da Copa da África
Compartilhe este post
  • 0Blogger Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment
comments powered by Disqus
 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top