Os melhores títulos portugueses para obras estrangeiras

Foi pesquisando as curiosidades de A Menina que Brincava com Fogo segundo título da Trilogia Millenium cujas adaptações cinematográficas estão em cartaz no DVD, Sofá e Pipoca que prestamos atenção: os títulos lusitanos de podem ser diferentes dos nossos, apesar de ambos falarmos português.

Logo colocamos nossas memória para funcionar e percebemos que em tantos anos de cinefilia colecionamos dezenas de títulos curiosos e divertidos inventados por nossos colegas de além mar. Confira agora os melhores:

Aportuguesando...
Eduardo Mãos de Tesoura = Edward Mãos-de-Tesoura
Festival Rocky de Terror = The Rocky Horror Picture Show
Laca = Hairspray

Sessão Tarantino
Sacanas Sem Lei = Bastardos Inglórios
Cães Danados = Cães de Aluguel
Aberto Até de Madrugada = Um Drink No Inferno
Django Libertado = Django Livre

Subtítulos Dramáticos
Platoon - Os Bravos do Pelotão = Platoon
Toy Story — Os Rivais = Toy Story

Spoilers no título
A Mulher que Viveu Duas Vezes = Um Corpo que cai
A Minha Namorada Tem Amnésia = Como se fosse a primeira vez
O Homem que Veio do Futuro = Planeta dos Macacos
Viram-se gregos para casar = Casamento Grego
A Desaparecida = Rastros de Ódio
Uma Sogra de Fugir = A Sogra

Estilo título de novela
Do Céu Caiu uma Estrela = A Felicidade Não Se Compra
O Amor e a Vida Real = Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada
Amor Sem Barreiras = Amor, Sublime Amor
Música no Coração = A Noviça Rebelde

Estilo Sessão da Tarde
Que Loucura de Mulher = Mulher Nota 1000
Os Tenenbaums – Uma Comédia Genial = Os Exêntricos Tenenbaums

Explicativos
Casados de Fresco = Recém Casados
Era uma Vez um Rapaz = Um Grande Garoto
Há Lodo no Cais = Sindicato de Ladrões
Contando Ninguém Acredita = Mais estranho que a ficção
Tudo Bons Rapazes = Os Bons Companheiros

Hã?!?
A Minha Mãe, Eu e a Minha Mãe = Em Qualquer Outro Lugar
O Barbeiro = O Homem Que Não Estava Lá
A Caixinha de Surpresas = Você já foi à Bahia?
Velha Raposa = Bravura Indômita

O caso de Duro de matar: acho que não contavam que viraria uma franquia
Assalto ao Arranha-Céus = Duro de Matar
Assalto ao Aeroporto = Duro de Matar 2
Então a coisa ficou complicada...
Die Hard - A Vingança = Duro de Matar - A Vingança
Die Hard 4.0 — Viver ou Morrer = Duro de Matar 4.0
Die Hard: Nunca é Bom Dia para Morrer = Duro de Matar: Um Bom Dia Para Morrer
Como eles sabem que é tudo uma franquia só???

Séries de TV
Malmequer Bem-Me-Quer = Pushing Daisies
As Taras de Tara = United States of Tara
Que Loucura de Família = That '70s Show
De Mal a Pior = Arrested Development
A Louca Vida de Larry = Curb Your Enthusiasm
Quem Sai aos Seus = Family Ties
Competente e Descarada = The Nanny



Os favoritos
À Boleia pela Galáxia = O Guia do Mochileiro das Galáxias
Millennium 2 - A Rapariga que Sonhava com uma Lata de Gasolina e um Fósforo = A Menina que Brincava com Fogo
O Rei dos Gazeteiros = Curtindo a vida adoidado
Boleia Mortal = A Morte Pede Carona
Um Azar do Caraças = Ligeiramente Grávidos
Super-Baldas = Superbad
Eu, Tu e o Emplastro = Dois é bom, três é demais
Estás frito, meu! = Querem Acabar Comigo

Ok, admitimos! Os títulos brasileiros também não são lá essas coisas. Então, qual seu titulo curioso favorito, em qualquer idioma???
Os melhores títulos portugueses para obras estrangeiras Os melhores títulos portugueses para obras estrangeiras Reviewed by Fabiane Bastos on terça-feira, janeiro 21, 2014 Rating: 5

4 comentários:

Anônimo disse...

Geralmente odeio a tradução dos títulos mais me lembrei de um em que a tradução foi muito boa para dar sentido ao título- The sweetest thing - La cosa mas dulce - q aki no brasil ficou como tudo para ficar com ele, bem melhor doq o titulo original. O mesmo acontece com Charlie's Angel - As Panteras (WARLEN)

Fabiane Bastos disse...

Horríveis ou não, os títulos diferentes rendem boas rizadas, não é!

Valeu pela visita e volte sempre!

Anônimo disse...

Além de ruim, O Planeta dos Macacos ficou errado, pois o protagonista vem do passado, não do futuro. Mas é importante adaptar os títulos estrangeiros ao gosto nacional.

Fabiane Bastos disse...

Pois é caro 'Anônimo', se para os portugueses o título fez sentido, quem somos nós para dizer que não devem usá-lo. O melhor é tirar proveiro, ou rizadas, da estranheza.

Valeu pela visita!

Tecnologia do Blogger.