segunda-feira, 28 de maio de 2018

Brinquedos que Marcaram Época - 2ª temporada

À exemplo de toda boa franquia de brinquedos, a série de documentários da Netflix que junta nostalgia, bom-humor e informação está expandindo seus horizontes e oferecendo novos produtos para seu público alvo. Apenas seis meses, separam a primeira e a segunda temporadas de Brinquedos que Marcaram Época.

O formato continua o mesmo, uma pesquisa detalhada sobre a história criativa e comercial de cada produto, contada com muitos depoimento, uma linguagem dinâmica e cheia de referências ao próprio produto, e claro, bom humor. Afinal, os brinquedos devem divertir, mesmo quando protagonizam um documentário. A novidade aqui, são os novos protagonistas escolhidos. Se nos primeiros episódios, os bonecos estadunidenses predominavam, a segunda leva de capítulos mostram que o mundo vai além dos brinquedos da terra do Tio Sam.

Talvez para não haver ciumes, são os trekkers abrem a temporada, assim como aconteceu com outra aventura espacial no primeiro ano da série. Aliás, rivalidade entre Star Wars e Star Trek existe também na indústria de brinquedos, e essa relação é tratada com bom humor, pelo roteiro - não precisa ficar chateado, ok, fã xiita de ambos!. Além dos bonecos, a franquia também trazia acessórios de todo o tipo, inclusive aqueles sem relação alguma com o programa de TV. Aliás o foco é nos produtos inspirados pelas séries para a televisão, e não nos longas da era J.J. Abrams.

Os Transformers tem uma origem para lá de curiosa em terras japonesas, que surpreendem pela amplitude que uma franquia simples tomou. O episódio também inaugura a saída do mercado estadunidense, para descobrir fenômenos de outros países que também divertiram o mundo todo. Ainda bem, pois aparentemente, a maior empresa de brinquedos do mundo é dinamarquesa. A LEGO, tem uma origem difícil de imaginar para a fabricante dos melhores blocos de montar - e piores peças de pisar - do mundo. Ela também enfrentou dificuldades impressionantes para uma marca que conseguiu se estabelecer tão forte em nossos imaginários. Meu episódio favorito até agora!


A última protagonista da temporada não nasceu exatamente como um brinquedo, mas como um personagem, um símbolo e se tornou uma marca. A Hello Kitty não é só uma franquia de brinquedos, a gatinha japonesa endossa todo tipo de produtos. É um dos símbolos pop japoneses mais reconhecidos, e representa até um estilo de vida.

Se a primeira temporada tinha o foco voltado para bonecos - e seus acessórios devidamente vendidos à parte, é claro - criados nos Estados Unidos, o segundo ano mergulha ainda mais no mundo dos brinquedos, ao incluir em sia lista uma personagem, um sistema de blocos de montar, e os multifacetados robôs que originalmente viravam muitas coisas além  dos populares carrinhos.

Ainda lançada sem muito alarde, Brinquedos que Marcaram Época é uma bem vinda mudança de ares, no serviço de streaming povoado por séries de ficção ou programas documentais "mais sérios". Não que a indústria de artefatos de entretenimento voltada para crianças seja brincadeira, aliás envolve muito mais que apenas seu público alvo. Informativa, interessante e recheada de nostalgia, a série oferece um relance de como era brincar em outras épocas para as novas gerações. Já os grandinhos, vão aprender mais sobre os objetos a que dedicaram muito tempo atenção e afeto, e quem sabe ficar com vontade de brincar mais um pouco. 

Os oito primeiros episódios tem cerca de uma hora de duração, e estão divididos em duas temporadas de quatro capítulos cada, todos já disponíveis na Netflix.

Leia sobre a 1ª temporada de Brinquedos que Marcaram Época.
Compartilhe este post
  • 0Blogger Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment
comments powered by Disqus
 
Copyright © 2014 Ah! E por falar nisso... • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top